Inscreva-se já!

Inscreva-se já!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

                                    
   

               "Terapia floral -Terapeutas florais"           


Pelas manhãs, aos oitenta e oito anos, uma senhora costuma sentar-se próxima a um pinheiro para observá-lo em seu jardim: “eu recebo e acolho a mensagem positiva que diariamente essa velha árvore me envia”, ela anuncia pragmática, ajudando-nos a recordar os inúmeros dons da natureza, esses dons que nos estimulam em direção à autonomia e à liberdade.
A terapia floral colabora com o equilíbrio das emoções e estados mentais tais como insegurança, desesperança, intolerância, ressentimento, ira, baixa autoestima, impaciência, os inúmeros sofrimentos emocionais que obstruem o nosso viver habitual, os estados mentais e afetivos que perturbam o ser humano de maneira cotidiana.
A terapia floral atua sobre todos os seres vivos, sejam pessoas, animais ou plantas.
As essências florais, por não serem medicamentos, podem ser tomadas por todos, inclusive bebês, grávidas e idosos. Não apresentam efeitos colaterais, não têm contraindicações e são totalmente compatíveis com qualquer tratamento ou terapia - complementar ou da medicina convencional.
O princípio básico que sustenta a ação da terapia floral é o desenvolvimento da virtude oposta ao defeito que origina o mal-estar emocional (por exemplo, fazemos uso da essência floral Holly não para que a raiva seja extraída de nós, mas sim para que aprendamos a gerenciar a nossa raiva, usando-a de um modo racional). A terapia floral revela então que existem padrões mentais e emocionais desarmônicos que reforçam e contribuem para desencadear doenças ou diversas disfunções, dificultando com isso a capacidade humana para o crescimento e para vida comunitária.
Terapeutas florais, nós somos aprendizes da vida e nos sentimos animados a buscar flores, plantas e árvores - as essências florais - a fim de conhecer a ação das essências e seu uso adequado para indicar essências para outros que aspiram a aprender por si mesmos.
Como um bom terapeuta é antes de tudo um “colaborador”, podemos atenta e amorosamente nos dispor a acompanhar esse outro que pretende aprender por si mesmo a valer-se de um rico processo terapêutico catalisado pelas essências florais.
Na atualidade existem muitos sistemas florais no mundo, e todos eles formando um modo preventivo de bem-estar e tomada de consciência, segundo o alcance comum de um equilíbrio harmônico entre corpo, emoção, mente e alma.
Felizmente, a terapia floral, que nos oferece a força pura e viva da natureza, está reconhecida pela Organização Mundial de Saúde desde 1983. 
Fazemos aqui nossas melhores intenções para que você, terapeuta floral, também se sinta animado a caminhar conosco através desse processo contínuo de aprender sobre as essências florais, e que é, em si mesmo, profundamente benéfico e valioso.

Eugênia Pickina – Diretora de Ensino - SPFlor